Carl Rogers

Formado em História e Psicologia, aplicou à Educação princípios da Psicologia Clínica, área em que atuou por mais de 30 anos.
Na Educação, Rogers representa a corrente humanista. Valoriza técnicas de intervenção facilitadora e considera fundamentais atitudes como a de uma escuta sensível e congruência por parte dos educadores para que possam ajudar na evolução de um ser humano, que é essencialmente bom e ávido por conhecimento.
Suas idéias, um importante contraponto às idéias comportamentalistas de B. F. Skinner, tornaram-se mais conhecidas no Brasil nos anos 70, principalmente a partir de grupos de estudos orientados pela educadora Rachel L. Rosenberg. É nessa época que Rogers dirige sua atenção de maneira prioritária à educação, propondo uma pedagogia que valoriza a experiência e é centrada no aluno. Acredita que o aluno aprende melhor, é mais criativo e capaz de solucionar problemas quando encontra um ambiente humano e de facilitação.

Conteúdo:
- Biografia;
- Liberdade em sala de aula;
- Escuta sensível;
- Pessoa inteira, pessoa inacabada;
- Facilitação;
- Aceitação;
- O papel do professor;
- Poder pessoal;
- Aprendizagem significativa;
- Congruência;
- O grupo;
- Limites;
- Conteúdos.

 

R$ 60,00

Comprar

Esse vídeo faz parte da coleção Grandes Educadores. Clique aqui para comprar a coleção toda por 990,00